Seguidores

domingo, 22 de abril de 2012

Senhores Poetos,dentistos e motoristos a nova lei é assim, LEI Nº 12.605

Lei 12.605/2012: obriga a flexão de gênero em diplomas



A presidentA Dilma Rousseff sancionou a Lei 12.605, que obriga as instituições de ensino públicas e privadas a empregar a flexão de gênero para nomear profissão ou grau nos diplomas expedidos.

A partir da nova Lei, que já está em vigor, o sexo da pessoa diplomada passa a ser considerado na designação de profissão ou grau obtido e o masculino não poderá mais servir de generalização. A Lei estabelece ainda que as pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção.
Segundo o site do Planalto, técnica, administradora e bibliotecária são alguns exemplos das grafias de profissões que devem ser utilizadas quando se tratar de graduada do sexo feminino.
Fonte: Portal do Planalto
Você, mulher, que é formada em Direito, poderá, sem qualquer custo, requerer na faculdade onde se formou, a "correção" de seu diploma, para que agora conste "Bacharela em Direito".

O que acharam desta nova Lei? Com tantos temas relevantes tramitando no Congresso Nacional, será que isso era prioridade? Trata-se de uma conquista efetiva para as mulheres ou algo com pouca ou nenhuma relevância?





Confira abaixo a íntegra da Lei 12.605/2012:





LEI Nº 12.605, DE 3 DE ABRIL DE 2012



Determina o emprego obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas.



A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:



Art. 1º As instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido.




Art. 2º As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1º a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino.



Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Brasília, 3 de abril de 2012; 191º da Independência e 124º da República.



DILMA ROUSSEFFAloizio MercadanteEleonora Menicucci de Oliveira



Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.4.2012

O radialisto? O DENTISTO? P MOTORISTO? COMO SERA ISTO AS CARTEIRAS VÃO SER TROCADAS TB OU SO NO ENSINO E AS CRIANÇAS COMO FICA?
 CREDO GOSTEI NADA DESTA NOVA LEI  EU JA ACHAVA ESTRANHO PRESIDENTA  cAMÕES DEVE  ESTAR  GRITANDO
 a eu não sabia a lingua agora sei menos ainda
Agradeço ao Ralph que me enviou um texto

http://www.dizerodireito.com.br/2012/04/lei-126052012-obriga-flexao-de-genero.html  ONDE TIREI A PRIMEIRA PARTE E AO



Ralph J. Hofmann
 QUE ME ENVIOU UMA CRÔNICA
COLOCO PARTE DELA
Como diria o filólogo Henry Higgins do musical “My Fair Lady “ “pelo assassinato a sangue frio do idioma português”.


A pena para este crime não existe, mas sendo crime hediondo não deveria ser possível responder ao processo em liberdade e este deveria ser um caso de condenação à morte por “vil garrote”.

É um crime fútil. Pois ninguém tira proveito dele. Simplesmente por terem o poder para fazê-lo estão rompendo com as tradições do idioma português, De nada adiantam as relações com os povos da África, da China e de Timor Leste, da Ilha do Sal e Portugal como ovos de idioma luso.

Estamos nos tornando um povo ridículo, manipulado por ignorâncias notáveis, que se tornarão antológicas.

Há coisas que não colam. Os revolucionários franceses, para quebrar com o passado tentaram trocar os nomes dos meses. Vendemiário e Brumário como janeiro e fevereiro. Isto simplesmente não sobreviveu. Outro projeto era decimalizar os meses, ou seja, o ano teria dez meses. Por cada uma das estações teria dois meses e meio. Isto também não pegou.

Por outro lado, Napoleão, que aboliu o novo calendário e que tinha o mérito de consultar cientistas formalizou o sistema métrico, e isto vingou. Neste caso aboliram-se medidas desencontradas baseadas em pés de reis e quantidades de sal ou semente.

Não somos palhaços, mas somos vitimas de palhaçadas.

A Lei 12.605 abaixo, foi publicada no Diário Oficial de 03-04-2012:



A PRESIDENTA DA REPÚBLICA.

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1°. As instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa

diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido.

Art. 2°. As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1o a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida

correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino.

Art. 3°. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Brasília, 3 de abril de 2012; 191o da Independência e 124o da República.

DILMA ROUSSEFF

Aloizio Mercadante

Eleonora Menicucci de Oliveira.



Agora, quando uma mulher se formar em Tornearia Mecânica, A PROFISSÃO

VAI SER TORNEIRA MECÂNICA...

Teremos mais:

JORNALISTO, JUDOCO, MOTORISTO, PILOTA de avião, GENERALA de Exército, CABA da brigada, TELEFONISTO, MANOBRISTO, OCULISTO, MASSAGISTO , ASCENSORISTO AERONAUTO, AGENTA, BABÓ de crianças, BALCONISTO, ECONOMISTO , BOIO-FRIO,



E muitas outras figuras estranhas.
  • Lei 12.605/2012: obriga a flexão de gênero em diplomas





    LEI Nº 12.605, DE 3 DE ABRIL DE 2012



    Determina o emprego obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas.



    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:



    Art. 1º As instituições de ensino públicas e privadas expedirão diplomas e certificados com a flexão de gênero correspondente ao sexo da pessoa diplomada, ao designar a profissão e o grau obtido.




    Art. 2º As pessoas já diplomadas poderão requerer das instituições referidas no art. 1º a reemissão gratuita dos diplomas, com a devida correção, segundo regulamento do respectivo sistema de ensino.



    Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Com isso, passaremos a conviver com bacharéis e bacharelas, licenciados e licenciadas, além de tecnólogos e tecnólogas, mestres e mestras e, por fim, doutores e doutoras.”

Minhas dúvidas.
Fiquei em dúvida se devo escrever o dentisto, a dentista, o motoristo?  O jardineiro a jardineiro?
Colunisto ,jornalisto....?
Sargenta,Caba,soldada.etc . Sinceramente não sei

 SERA QUE O POVO VAI FALAR ? QUE CONFUSSÃO . LEI É LEI



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. As implicações mais óbvias de novos nomes de profissões são os que terminam em ENTE.
    Portanto, essas são as novas denominações de algumas profissões.
    Assistenta Social
    Agenta de Viagem
    Ajudanta de Cozinha
    Despachanta
    Docenta
    Gerenta
    Serventa
    etc...

    Outras aplicações não são tão óbvias, mas as correções necessárias terão que ser feitas:
    Alfaiata
    Auxiliara de Enfermagem
    Camelã (feminino de Camelô)
    Cerimoniala
    Comercianta
    Detetiva
    Fiscala (de trânsito, tributário, etc)
    Mestra de Obras
    Militara (Soldada, Caba, Tenenta, Majora, Coronela, Generala, Marechala, etc)
    Pilota
    Policiala
    Reportera
    Webdesignera
    etc...

    Um número gigantesco de profissões terminam com A e, a partir de agora, os homens poderão mudar isso, e essa vergonha irá acabar
    Vejam só alguns exemplos:
    Analisto de Sistemas
    Astronauto
    Atleto
    Babô (masculino de Babá)
    Biblioteconomisto
    Cientisto
    Contabilisto
    Dentisto
    Desenhisto
    Economisto
    Eletricisto
    Especialidades da Medicina: Ortopedisto, Pediatro, Psiquiatro, Ginecologisto, Cardiologisto, etc....
    Estilisto
    Fisioterapeuto
    Gastronomisto
    Guio Turístico
    Jornalisto
    Maquinisto
    Massagisto
    Motoristo
    Nutricionisto
    Pecuaristo
    Pianisto
    Radialisto
    Recepcionisto
    Salvo-Vidas
    Seguranço
    Taxisto
    Terapeuto
    Violinisto
    Zootecnisto
    etc...

    ResponderExcluir

Deixe squi seu recado.
Agradecemos sua visita.
esperamos ter ajudado
Envie o seu trabalho para postarmos no blog
Obrigada pela visita