Seguidores

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

RECICLAGEM DE PROBLEMAS



Ralph J. Hofmann
A redação de THE LOBOTOMIST  visitou recentemente uma empresa estadunidense especializada em picadores de documentos.
A boa segurança empresarial manda que cópias impressas, anotações feitas durante reuniões e qualquer documento que não seja essencial manter na empresa seja colocado num picador de papel (Paper  Shredder), para ser reduzido a tirinhas mínimas. 
Contudo em um grande país do Sul o acúmulo, não só de documentos como de corpos de prova como “Land Rovers” e outros veículos, mobiliário, crucifixos fitas e  vídeo cassettes, computadores e seus HDs e Pen Drives e outros elementos tais como cadáveres tem se acumulado com tal rapidez que seu acúmulo se torna quase impossível de processar. A queima pura e simples de arquivos causa uma fumaceira que pelo cheiro e cor pode atrair atenção.
Devido a isto elementos ligados à oligarquia em exercício nesse país encomendaram à empresa estadunidense um equipamento capaz de processar desde uma folha A-4 até enormes peças estruturais em concreto. (vídeo SSI’s Shred of the Month: The “Monster”).
As partículas resultantes podem ser recicladas como massa  em  pavimentação e capeamento asfáltico de rodovias.  Por outro lado com a adição ocasional de cadáveres

de alcagüetes e desafetos em geral essa massa passa a ser um bom material de base para plantio de hortaliças tomates, aspargos e alcachofras.
O fabricante estima que pelo volume de material aventado serão necessárias pelo menos 27 destas máquinas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe squi seu recado.
Agradecemos sua visita.
esperamos ter ajudado
Envie o seu trabalho para postarmos no blog
Obrigada pela visita