Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

PODE IR PARA CASA MARC

PODE IR PARA CASA MARC

Ralph J. Hofmann
Finalmente Marc Aubert, nosso colaborador pode ir para a Suíça sem medo. Não poderá ser forçado a pagar dívidas incorridas pelos seus antepassados há quase 700 atrás.
Tudo graças a uma decisão anulando uma dívida incorrida em 1357 por uma família de agricultores.
A corte do cantão de Glarus decidiu que o fazendeiro e seus familiares não precisam mais pagar setenta francos suíços (algo como R$ 150) por ano para abastecer a lâmpada do santuário da igreja católica em Naefels.  
Em 1357 um certo Konrad Mueller matou um homem chamado Heinrich Stucki. Para salvar sua alma e evitar vingança da família do morto Mueller doou uma lâmpada a uma igreja local e jurou financiar seu combustível “eternamente”. O não cumprimento disto implicaria na terra passar a ser propriedade da igreja.
Por quase 650 anos os sucessivos proprietários da terra têm pago o óleo para a lâmpada de Naefels. Contudo o vigário de Naefels tentou registrar este arranjo junto ao município.  Um dos donos de terras achou isto demais.
A paróquia processou-o, mas a corte decidiu, no dia 20 de dezembro passado que as práticas legais do século XIV teriam perdido sua validade  com as reformas do sistema de empréstimos ocorrida no século XIX.
Pode voltar Marc.  Os pecados do teu tataravô estão perdoados também.
DO Blog do Giulio Sanmartini


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe squi seu recado.
Agradecemos sua visita.
esperamos ter ajudado
Envie o seu trabalho para postarmos no blog
Obrigada pela visita