Seguidores

terça-feira, 3 de abril de 2012

A medalha do soldado é o respeito da nação. ( Dione Fonseca)


 Aprendi que soldados defendem a pátria. Sempre senti e sentíamos admiração pela farda. A pátria dorme tranquila porque as forças armadas velam por nossas fronteiras, espaço aéreo, nos proteger do inimigo dentro ou fora do país.
Quantos dias passados em cima do livro para realisar o exame de seleção para aeronáutica, exercito ou marinha.
 Mães que oraram, fizeram novenas e viram os filhos partir para realizar o sonho de servir a pátria. Quanto orgulho em ver o filho recebendo as divisas. Homens de bem.
Defensores da pátria amada.
Como é lindo vê lós desfilando e fazendo continência a nossa bandeira.
 Dia 31 de Março de 2012 os militares se reúnem para comemorar a revolução. Idosos já, mas com o mesmo amor a pátria e sensação de dever cumprido.
Orgulho de serem militares.
Mas recebem a medalha do desprezo de alguns, cusparadas, palavrões...
São idosos que cumpriram o seu dever, são soldados da pátria que a ela dedicaram à vida.  Merecem nosso carinho e respeito
 ESCARROU NO ROSTO DE UM VELHO. (Este foi o texto do e-mail que recebi)
Não vou colocar o e-mail.  Somos dignos e fere a dignidade do ser humano. Fere os militares,
Fere a democracia, fere o coração das mães, esposa e da nação.
“De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a
 injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o
 homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha
 de ser honesto”. RUI BARBOSA.

A medalha do soldado é o respeito da nação. ( Dione Fonseca)
 Senti-me mal ao ler o acontecido. Vejo que a educação esta cada dia deteriorando e valores acabando. Que saudade do passado onde no pátio do colégio cantávamos o hino da bandeira e comemorávamos a semana da pátria.   Que saudade dos tempos que respeitávamos os mais velhos e gostávamos de ouvir suas histórias. Saudades do respeito dos alunos aos professores, saudades do tempo que tratávamos os mais velhos de senhor e senhora e os homens davam seu lugares aos mais velhos e senhoras.
Saudades de um tempo que se respeitava símbolos como a nossa bandeira e aprendíamos a amar nosso país e os seus representantes.   Saudade de um tempo que ensinava as crianças a respeitarem o Executivo, legislativo e judiciário e que os que o ocupavam eram pessoas dignas e merecedoras de nosso respeito.  E que ocupar estes cargos era uma honra sem igual. E que nossos militares eram para serem valorizados e tratados com amor. carinho e respeito.
 A nossa constituição é para ser cumprida e ensinada a nossos filhos. Sem lei não iremos a lugar algum. Sinto muito pelo acontecido. Fica aqui meu carinho pelos militares que cumpriram o seu dever.
Dione Fonseca de Barros

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe squi seu recado.
Agradecemos sua visita.
esperamos ter ajudado
Envie o seu trabalho para postarmos no blog
Obrigada pela visita