Seguidores

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Ibama aplicará multas de R$ 250 milhões à mineradora Samarco


Caro editor,
Confira ações e projetos do Brasil e do Governo Federal.
Acesse www.brasil.gov.br e saiba mais.


Ibama aplicará multas de R$ 250 milhões à mineradora Samarco
A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (12) que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aplicará multas que totalizam R$ 250 milhões à mineradora Samarco, empresa responsável pelas barragens Fundão e Santarém, que se romperam há uma semana. A ruptura causou uma enxurrada de lama que devastou o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG). No total, o Ibama aplicará à Samarco cinco multas, cada uma de R$ 50 milhões, pelo lançamento de rejeitos em rios da região, causando prejuízos causados à biodiversidade.
Presidenta Dilma sobrevoa região atingida por lama das barragens em Minas e Espírito Santo
A presidenta Dilma Rousseff sobrevoou, nesta quinta-feira (12), a região atingida pelo rompimento de duas barragens da mineradora Samarco, em Mariana (MG). A lama de rejeitos que transbordou das barragens na semana passada atingiu várias cidades mineiras e chegou ao Espírito Santo. Em Minas Gerais, acompanhada do governador Fernando Pimentel e do prefeito de Mariana, Duarte Júnior, a presidenta sobrevoou os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu, na região do município de Mariana. Logo depois, seguiu para Governador Valadares, onde a captação de água para o abastecimento da população está suspensa por causa da onda de lama que inundou o Rio Doce.
Dilma cobra de mineradora a responsabilidade por danos da enxurrada de lama 
A presidenta Dilma Rousseff cobrou da mineradora Samarco a responsabilidade pelos danos causados em Minas Gerais e no Espírito Santo por causa da enxurrada de lama das duas barragens de rejeitos minerais que se romperam na semana passada, em Mariana (MG), informou nesta quarta-feira (11) o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi. Segundo o ministro, a presidenta falou sobre o assunto por telefone, durante à tarde, com o CEO da BHP Billiton, Andrew Mackenzie, e com o presidente da Vale, Murilo Ferreira, empresas que controlam a Samarco. Ainda segundo Occhi, Dilma cobrou providências para a reparação dos danos às famílias atingidas e também solução para o impacto ambiental.
Fiscalização de barragens em MG ganha reforço de R$ 9 milhões
O governo federal está liberando R$ 9 milhões em investimentos adicionais para o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) adotar novas ações emergenciais na fiscalização de barragens de mineradoras instaladas no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais. A medida é parte das ações adotadas pelo governo atendimento tragédia em Mariana, onde duas barragens romperam e inundaram parte da cidade. Os técnicos do órgão estão em Mariana (MG), onde já determinaram a interdição do empreendimento e paralisação imediata das operações da Unidade de Tratamento de Minérios da Samarco.

Departamento de Relações com a Imprensa Regional
Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social
Presidência da República
(61) 3411-1370
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe squi seu recado.
Agradecemos sua visita.
esperamos ter ajudado
Envie o seu trabalho para postarmos no blog
Obrigada pela visita